NOVA IORQUE | Nazaré leva surfista norte-americano à Feira de Turismo do ‘New York Times’

0
474

DSC00178

A região da Nazaré, no Centro do país, participou pela primeira vez como entidade independente na Feira de Turismo do ‘New York Times’, que decorreu na semana passada no amplo espaço do Javits Center – em Manhattan. O stand esteve a cargo da firma Travel Show Solutions, de Toronto, Canadá, que apostou na imagem do surfista norte-americano Garrett McNamara para promover aquele destino turístico nos Estados Unidos.

O presidente da câmara municipal da Nazaré, Walter Chicharro, e o cônsul-geral de Portugal em Nova Iorque, Pedro Soares de Oliveira, deslocaram-se a Nova Iorque para estarem presentes ao certame, um dos maiores no sector. “Na nossa perspectiva, é crucial estar nesta feira”, afirmou Chicharro, em declarações exclusivas prestadas ao jornal LUSO-AMERICANO em Nova Iorque. “E quando temos aquilo que é uma das nossas imagens de marca mais recentes, as grandes ondas da Praia do Norte, surfadas por um norte-americano (que, já agora, é quem detém o recorde mundial da maior onda alguma vez surfada), tem toda a lógica estar no centro do mundo num dos maiores eventos de promoção turística que existe, conjugando esses dois esforços – Praia do Norte e Garrett McNamara.”

McNamara bateu o recorde mundial em 2013, contribuindo para que a Nazaré se tornasse num dos destinos predilectos de praticantes da modalidade do surf.

No entanto, para Walter Chicharro, “a Nazaré tem algo mais para apresentar ao mundo: a nossa gastronomia, as nossas tradições, o nosso sol e mar, enfim, o nosso turismo de natureza e experiência.”

O líder camarário vai mais longe ao considerar o peixe da Nazaré “o melhor do mundo.  A componente gastronómca”, refere, “é aqui fundamental, uma marca indelével da Nazaré.”

Nazaré, no Centro Litoral do país, está a 100 quilómetros a norte de Lisboa e a cerca de 250 a sul do Porto “e tem hoje uma ligação à Europa tremendamente fácil, com uma série de auto-estradas que a ligam a Espanha.”

As ondas de tamanho gigante que atraem surfistas como McNamara acontecem regra geral no inverno, explica Chicharro, e encontram-se na Praia do Norte. “Na Nazaré são mais pequenas e ideais para toda a família”, sublinha o presidente da câmara, que foi eleito em Setembro do ano passado pelo Partido Socialista.

Garrett McNamara, de 46 anos, conhece Portugal desde 2010. Foi amor à primeira vista… Depois disso já lá foi 6 vezes e até se casou no país. “O que digo a qualquer americano, é que, se alguma vez pensar em ir à Europa, vá primeiro a Portugal”, afirma o surfista, falando ao LUSO-AMERICANO. “Tem as melhores praias, a melhor comida, a gente mais simpática. E o tempo é fabuloso! Trata-se do segredo mais bem guardado da Europa.”

McNamara, que já diz algumas palavras em português, nasceu em Pittsfield, Massachusetts, mas mudou-se com um ano de idade para a Califórnia e uma década depois para o Havaí, onde ainda está. O surfista profissional diz que viaja por todo o mundo “à procura das melhores ondas e climas.”

Com a experiência de quem se põe em cima das pranchas há 35 anos, ensina: “Estejam sempre agradecidos por aquilo que têm e não pensem que a relva é mais verdejante no quintal do vizinho.”