Empresários açorianos defendem participação privada na companhia aérea SATA

0
800

A Câmara de Comércio e Indústria dos Açores (CCIA) manifestou preocupação com a “degradação acentuada” da companhia aérea açoriana SATA, defendendo um novo modelo de gestão da empresa com participação privada.

• Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 6ª feira, 18 de Agosto de 2017.