Fundação Côa Parque denuncia inqualificável acto de vandalismo em figura rupestre

0
653

 

A Fundação Côa Parque denunciou recentemente um “inqualificável” atentado contra uma das rochas do parque arqueológico na qual está representada uma figura humana com mais de 10 mil anos, acrescentando que vai participar criminalmente junto do Ministério Público.