Baleeiro considerado o “embaixador” da baleação nos Açores faleceu aos 98 anos

0
1059

O director do Museu dos Baleeiros do Pico, nos Açores, disse esta semana que Francisco Barbeiro, falecido sexta-feira, aos 98 anos, era o “grande embaixador” da baleação nos Açores, actividade que cessou em 1984.

Manuel Francisco Junior, considerou, em declarações à agência Lusa, que Francisco Barbeiro representa uma época “áurea e opulenta” da baleação na ilha do Pico e nos Açores, tendo-o considerado um dos “maiores representantes” da caça à baleia.

• Para mais pormenores, ASSINE a edição online. Ou compre a edição impressa de 6ª feira, 24 de Março de 2017.